Censura na China: a Apple remove todos os aplicativos VPN da App Store

bandeira chinesa

Como bem sabemos, em China existe um censura muito forte que impede seus cidadãos de acessar sites como Facebook e Google, sites cujo uso para nós é óbvio e fazem parte de nossa vida diária. Desta vez foi a vez de Apple para cumprir as rigorosas leis chinesas.

Censura na China: a Apple remove todos os aplicativos VPN da App Store

bandeira chinesa

Precisamente por causa da pesada censura a que estão sujeitos, muitos cidadãos chineses recorrem a pedidos VPN (Redes Privadas Virtuais) para acessar sites e conteúdos banidos pelo governo. Em virtude do fato de que muitas empresas são obrigadas a submeter-se à estrita regulamentação chinesa, elas são automaticamente obrigadas a remover os conteúdos considerados ilegais pelo governo: é por essa razão que Apple ele removeu de sua própria app Store todas as aplicações que eles ofereceram Serviços de VPN.

VPN expressa publicou um post em seu blog, no qual ele explica que, de acordo com a empresa de Cupertino, seu conteúdo viola a lei chinesa. Tudo é acompanhado pela seguinte imagem, na qual é o mesmo Apple para especificar que todos os principais aplicativos VPN do iOS foram removidos da Loja.

loja de aplicativos china vpn

É sempre o mesmo Apple, em uma declaração a TechCrunch, esclareceu ainda mais a situação: "No início deste ano, o MIIT chinês anunciou que todos os desenvolvedores que oferecem serviços de VPN devem obter uma licença do governo. Fomos solicitados a remover alguns aplicativos VPN - na China - que não atendem aos novos padrões. Estas aplicações permanecem disponíveis em todos os outros mercados em que operam".

ExpressVPN criticou severamente o comportamento do Apple, condenando estas queixas: em suma, parece que a situação no país está a agravar progressivamente. No momento, estamos aguardando novas atualizações.


Não perca nenhuma novidade, oferta ou resenha publicada em nosso site! Siga-nos nas redes sociais para se manter atualizado em tempo real graças a:

Canal de Ofertas , Canal de notícias, Grupo de telegramas, página no Facebook, Canal do youtube e Fórum.