A Huawei continua investindo em pesquisa e desenvolvimento (e mostra)

Huawei

Alguns dias após o lançamento oficial do seu mais recente topo de gama, a gigante asiática de alta tecnologia divulgou os dados financeiros relativos ao 2017. E, depois de ver o novo Huawei P20 Pro em ação não nos incomoda saber as figuras astronômicas que a empresa dedicou à sua divisão Pesquisa e Desenvolvimento.

Huawei divulga dados financeiros da 2017: números surpreendentes para pesquisa e desenvolvimento

huawei p20 pro

O relatório financeiro do ano passado nos dá os dados para entender a extensão do fenômeno Huawei globalmente. Com um lucro líquido de 47.5 bilhões de yuans (igual a cerca de 7.3 bilhões de dólares), há um aumento de 28.1% comparado ao 2016; idem para receita bruta, de 603.6 bilhões de yuans (92.5 bilhões de dólares na taxa de câmbio atual), com um aumento de 15.7%. Mas a verdadeira surpresa é representada pela voz Pesquisa e Desenvolvimento.

É um dos principais pontos para as empresas tecnológicas e, para investimentos substanciais, os resultados podem ser seguidos bem acima das expectativas. No caso de Huawei falamos de uma despesa de 89.7 bilhões de yuans, bem 13.8 mil milhões de dólares. Comparado ao 2016, há um aumento de 17.4%. De acordo com os dados, parece que a gigante chinesa ultrapassou a figura "modesta" de 394 bilhões de yuans (60.4 bilhões de dólares) até hoje.

Os esforços de pesquisa não terminam aqui

Recentemente, Ken Hu - uma das personalidades proeminentes da Huawei - revelou que os investimentos em pesquisa e desenvolvimento aumentarão ainda mais durante o 2018. E os esforços da empresa nesse sentido são claramente visíveis (e acho que todos podemos concordar). Basta pensar no lançamento do Kirin 970, o primeiro chipset equipado com um NPU. Ou no recente Huawei P20 Pro, um concentrado de tecnologia capaz de oferecer uma seção fotográfica incrível. A pesquisa também envolve nuvem, IoT e 5G e só podemos esperar grandes coisas para o resto do ano.


Não perca nenhuma novidade, oferta ou resenha publicada em nosso site! Siga-nos nas redes sociais para se manter atualizado em tempo real graças a:

Canal de Ofertas , Canal de notícias, Grupo de telegramas, página no Facebook, Canal do youtube e Fórum.