Veja como a China combate o vício em videogames

China internet cafés vício jogos de vídeo

A expansão do mercado de videogames atingiu níveis que o tornam um dos setores mais prolíficos do mundo. Infelizmente, isso também inclui aspectos negativos, como os chamados vício em videogames, um problema que, embora possa parecer absurdo e improvável, grassa em países como a China. É por isso que um colosso como Jogos Tencent, editora de títulos como PUBG Mobile e Arena of Valor, decidiu implementar mudanças impondo blocos para o público mais jovem.

LEIA TAMBÉM:
Na China, será possível reconhecer as pessoas ... de como elas andam!

Tencent apresenta blocos para os pequenos na China para combater o vício em videogames

jogos de vídeo tencent

A partir do ano passado, a Tencent Games introduziu um verificação de identidade dos jogadores, cujo lançamento nacional terminou em novembro passado 19, com quase 2 semanas antes da data de lançamento esperada. Esta mudança foi implementada para identificar os jogadores sob os anos 12, que eles podem agora jogar não mais que 1 agora e no intervalo de tempo do 8 pela manhã até o 9 à noite. Para aqueles entre os anos 12 e 18em vez disso, o limite é de horas 2.

Este bloco foi introduzido no jogo Honor of Kings, com resultados que convenceram a empresa. Conforme comunicado pelo seu próprio canal WeChat, isso resultou em um diminuição de -46% de gamers sob os anos 12 e -24% para aqueles entre os anos 12 e 18. Para isso, a infraestrutura da Tencent faz interface com o banco de dados de segurança pública da China.

LEIA TAMBÉM:
Noticiário realizado pela AI: na China já é uma realidade vídeo

Mas não termina aqui, dado que o próximo passo, já em vigor, é testar o reconhecimento facial para validar a verdadeira identidade do jogador, de modo a evitar que alguém ignore estes blocos. Manobras bastante radicais, especialmente para o público ocidental, mas que atendem às demandas do Governo chinês, cada vez mais atento aos fenômenos da dependência de videogames e da ludopatia.


Não perca nenhuma novidade, oferta ou resenha publicada em nosso site! Siga-nos nas redes sociais para se manter atualizado em tempo real graças a:

Canal de Ofertas , Canal de notícias, Grupo de telegramas, página no Facebook, Canal do youtube e Fórum.