Huawei: os EUA prendem protestos Meng Wanzhou, China

huawei meng wanzhou

Além disso na China, Huawei continua a ganhar um pouco de sucesso em todo o mundo, como evidenciado pelos números de vendas lançado pelo Gartner. No entanto, o cabo de guerra entre os EUA ea China continua destemido, primeiro com as obrigações comerciais, com o governo dos EUA banindo lentamente o gigante chinês de sua própria nação, tentando convencer os aliados históricos a fazer o mesmo. E o último movimento deste tabuleiro é representado porprisão de Meng WanzhouDiretor financeiro da Huawei.

LEIA TAMBÉM:
Huawei Nova 4: vamos olhar para o "buraco" mais de perto neste hands-on

Os EUA estão prendendo o diretor financeiro da Huawei no Canadá

Meng Wanzhou ele não é apenas uma figura de trabalho dentro da empresa, mas ele também é o filha do fundador da HuaweiRen Zhengfei. É, portanto, um duro golpe para a imagem da sociedade chinesa, com a China imediatamente pedindo a libertação da mulher. A prisão ocorreu em Vancouver, no Canadá, com os EUA tendo extradição exigida, com a audiência marcada para esta sexta-feira, durante a qual o juiz pode decidir se vai libertá-lo sob fiança ou não.

Mas qual é a razão para esse movimento? Segundo o governo dos EUA, a Huawei teria violou as sanções impostas ao Irã desde 2016, então do governo Obama. Ainda há detalhes mais detalhados sobre o assunto, mas temos certeza de que eles não chegarão atrasados ​​nas próximas horas.


Não perca nenhuma novidade em tempo real e as melhores ofertas dedicadas a Huawei no canal Telegram dedicado!