Huawei e 5G: não há problemas de segurança para os Emirados Árabes

huawei 5g

O comportamento do povo está causando considerável controvérsia EUA para não apenas de Huawei, mas do resto do mundo. A vontade do governo Trump não se limita a excluir a empresa chinesa de sua infraestrutura de telecomunicações. Até a Itália continuou envolvido na pressão exercida pelos Estados Unidos sobre o desenvolvimento da 5G. Caso um país aliado decida usar a infraestrutura da Huawei, os EUA considerariam excluí-la do compartilhamento de informações confidenciais.

LEIA TAMBÉM:
Reparar o Huawei Mate 30 Pro é muito caro

O 5G da Huawei não tem problemas de segurança, de acordo com os Emirados Árabes Unidos

Um dos principais parceiros, especialmente no nível comercial, é representado pelo Emirados Árabes Unidos, abreviado como EAU. E Saleem Albalooshi, CTO da du, um dos dois operadores telefônicos nacionais. Aqui está o que foi afirmado: "A Huawei é um dos nossos parceiros para o desenvolvimento da nossa rede 5G. Do ponto de vista da segurança, temos nossos próprios laboratórios no país e os visitamos. Não encontramos evidências para destacar falhas, especialmente no 5G."

Neste ponto Reuters perguntou Saleem sobre a controvérsia em torno da pressão americana. Ao que ele respondeu: "Obviamente, isso é um problema. Mas coisas assim respeitam as decisões do governo. Seguimos os regulamentos do nosso governo.". Nesse ponto, será interessante avaliar a resposta dos EUA a seus aliados, dada a tendência oposta que está se espalhando.


Não perca nenhuma novidade em tempo real e as melhores ofertas dedicadas a Huawei no canal Telegram dedicado!