Xiaomi e câmeras: possível colaboração com Hasselblad

xiaomi hasselblad

Do ponto de vista da autonomia e recarga, Xiaomi provou ser capaz de convencer fabricantes como Huawei e OPPO. Em comparação com essas duas marcas, no entanto, o galeria de fotos é, em média, menos convincente. Exceto para o Xiaomi Mi Note 10 e oexcelente avaliação do DxOMark, seu topo de gama sempre esteve um passo abaixo dos melhores telefones com câmera. Isso pode mudar com Xiaomi Mi 10, graças às melhorias feitas no Mi Note 10. Mas não apenas: para jogar a seu favor, também pode haver uma colaboração com o nientepopodimeno que Hasselblad.

LEIA TAMBÉM:
Xiaomi revela seus resultados na Europa: um sucesso em todas as frentes

A pesquisa mais recente da Xiaomi poderia aproximá-la de uma parceria com Hasselblad

pesquisa xiaomi

Por que dizemos isso? Porque o vice-presidente da Xiaomi (e ex-chefe da Lenovo) compartilhou um site de mídia social na Ásia vistoria em que os usuários são questionados com qual marca a Xiaomi poderia colaborar. Os nomes escolhidos para esta pergunta são três: Cânone, Nikon e, de fato, Hasselblad (além da opção ("Nenhum"). E os votos da comunidade se inclinam para a marca sueca, mais conhecida pela produção de dispositivos de alta qualidade. Basta pensar que as câmeras Hasselblad foram usadas durante missões espaciais pela NASA.

A propósito, Hasselblad não seria novo em sinergia com um fabricante de smartphones. Era 2016 quando Motorola anunciou o programa moto Mods, apresentando smartphones modulares capazes de melhorar alguns setores com a ajuda desses mods. Um deles foi precisamente Hasselblad e integrou um zoom óptico e vários botões físicos, praticamente transformando o smartphone em uma câmera compacta.

À luz disso, duvidamos que a Xiaomi possa ser lançada no mundo dos telefones modulares. O mais provável é que, se essa colaboração ocorrer, será limitada ao que aconteceu entre Huawei e Leica.

⭐️ Siga e apoie GizChina su Google News: clique na estrela para nos inserir nos favoritosi .