Vendas na China colapsam: Huawei é a única a resistir

logotipo da huawei

2020 começou em nome da crise para o China. Tendo iniciado a pandemia do Covid-19 que conhecemos bem, essa foi a primeira nação a sofrer uma grande crise no mercado. Mesmo quando se trata de smartphonesDe quem De vendas pioraram, com tendência já negativa nos meses anteriores. Por esse motivo, é interessante descobrir os números relacionados a Q1 2020, considerando que o primeiro trimestre do ano foi mais crítico na China do que na Europa. Aqui na Europa os piores momentos foram concentrados entre o primeiro e o segundo trimestres, então teremos melhores danos no final do verão. Enquanto isso, já é evidente que, para Huawei as coisas não estão indo melhor, com as vendas caem globalmente.

LEIA TAMBÉM:
EUA sem Huawei: é assim que são grandes as perdas

China "sorri" para a Huawei, mas o período é mais negro do que o habitual

vendas de smartphones china q1 2020

Se passarmos de uma perspectiva global para uma perspectiva limitada à China, a situação muda, mesmo que não de maneira radical. Ao todo, eles venderam 66 milhões telefones no primeiro trimestre de 1 da China, dos quais 14.5 milhões de modelos compatíveis com o 5G. No país mãe, a Huawei ainda está despovoando, continuando segurando quase metade do mercado. Embora tenha havido um sim -4.4% de queda nas vendas comparado ao primeiro trimestre de 1, as quotas de mercado aumentam significativamente. Comparado com antes, houve um salto de + 2019%, deixando claro como esse aumento é mais atribuível ao desempenho negativo dos concorrentes.

O restante do ranking elaborado por pesquisa de mercado é muito diferente, com uma diminuição muito mais perceptível para quase todos. A queda mais notável nas vendas é a de Xiaomi, com um chamativo -33.8%. Eles seguem Vivo e OPPO, respectivamente -24.5% e -15.8%, e no final do top 5 encontramos Apple que fecha o trimestre com um -12.2%.

⭐️ Siga e apoie GizChina su Google News: clique na estrela para nos inserir nos favoritosi .