Huawei se tornou a primeira empresa de smartphones do mundo

logotipo da huawei
Poupança de próximo nível

Huawei um período conturbado está passando e existe para todos verem. Desde quando os EUA renovaram a proibição tudo piorou, passando de não poder usar os serviços do Google para não podendo mais produzir os chips da TSMC. Se veremos as consequências do último no futuro, já vimos o primeiro, com uma queda nas vendas no oeste. A essa situação já delicada, acrescentamos também as conseqüências econômicas decorrentes da Coronavírus e temos uma imagem bastante crítica. Seria de se pensar, portanto, que o desempenho comercial não é o melhor, colocando a Huawei em uma situação desvantajosa.

A realidade dos fatos é bastante diferente, pois o gerenciamento de Pesquisa de contraponto. O Covid-19 testou severamente o mercado na China, o país onde a crise viral começou. Mas é precisamente na pátria que a Huawei fez o impensável, revelando-se a única empresa a ser positiva.

LEIA TAMBÉM:
Huawei e Honor: o aplicativo Immuni volta a funcionar para todos

A Huawei ultrapassou a Samsung no mercado de smartphones, mas apenas por poco

mundo das vendas de smartphones no primeiro trimestre de 1

Com base nesse resultado, o desempenho da Huawei encontrou um equilíbrio: o crescimento na China compensou a queda no Ocidente. Considerando que outros fabricantes sofreram perdas econômicas em todo o mundo e não apenas em algumas áreas, aqui para a Huawei os resultados foram positivos e quase fora de todas as expectativas.

mundo das vendas de smartphones no primeiro trimestre de 1

Levando em consideração a Q1 2020, os dados trazidos à luz por Pesquisa de contraponto coloque a Huawei em segundo lugar no ranking global. A participação de mercado é de 17%, abaixo apenas da Samsung e de 20% ligeiramente abaixo. Este já é um resultado notável, dadas as dificuldades encontradas acima. Mas a verdadeira surpresa seria no mês de Abril 2020, com a Huawei, que teria conseguido o feito que ninguém esperava, à luz do que aconteceu com os EUA.

Segundo dados públicos oficiais pendentes, Neil Shah, vice-presidente do centro de pesquisa da Counterpoint, teria dito que Huawei teria conquistado o primeiro lugar. As quotas de mercado teriam aumentado para 19%, conseguindo superar a rival Samsung e seus 17% pela primeira vez. No entanto, ressalta-se que esse marco foi alcançado por um curto período de tempo, portanto, é possível que ele já tenha retornado ao segundo lugar. Para entender mais, teremos que aguardar os resultados referentes ao segundo trimestre de 2, chegando no final de junho / início de julho.

⭐️ Siga e apoie GizChina su Google News: clique na estrela para nos inserir nos favoritosi .