Alemanha abre para 5G da Huawei, mas sob condições

aplicativo de casa inteligente huawei matehome

Grande reviravolta em Germania isso, na frente 5G, declara de não posso ficar sem Huawei. Assim, abraça uma posição em forte oposição a EUA e Grã-Bretanha. Ao contrário deste último, de acordo com o que se aprende com a mídia alemã, parece que a Alemanha colocou a economia nacional antes dos interesses “estrangeiros”.

Upgrade 18 / 12: há uma nova mudança na diatribe entre a Alemanha e a disseminação do 5G da Huawei. Encontre os novos detalhes no final do artigo.

LEIA TAMBÉM:
Huawei ainda mais transparente no quesito segurança, revela presidente da Itália

Huawei indispensável para o desenvolvimento do 5G na Europa, também na Alemanha

huawei patenteia autônomo dirigindo carro inteligente 2

Agora parece claro a posição da Alemanha na disputa de longa data entre a Huawei e os Estados Unidos. A própria chancelaria alemã expressou uma opinião positiva sobre o uso de Tecnologias Huawei para Redes 5G. É admitir a impossibilidade de encontrar outra solução que não prejudique a economia do país. Ao equilibrar custos e benefícios, de fato, parece que não pode haver razões objetivas para impor um veto sobreuso das instalações da Huawei na Alemanha. Isso porque, de acordo com as primeiras auditorias internas realizadas, para suplantar toda a infraestrutura da Huawei, explorando o trabalho de outras marcas, poderia demorar mais do que o esperado.

A este respeito é o mesmo ministro do Interior que, em termos inequívocos, afirmou que, caso a Alemanha se privasse da infraestrutura da Huawei, poderia demorar anos a reconstruir a rede 5G, sem ter em conta o retrocesso económico que isso implicaria.

Alemanha muda de opinião sobre 5G da Huawei | Atualização 01/10

Evidentemente o novas pressões aplicadas pelos EUA teve um efeito em países aliados na Europa, pelo menos na Alemanha. O governo alemão está prestes a aprovar um nova lei sobre segurança que de fato proibiria a entrada da Huawei em infraestrutura 5G. Não haveria proibição explícita, ao contrário do que vem sendo feito pelo Reino Unido e pela França, mas as apostas impostas acabariam por destituir a empresa chinesa. Adendos diferentes, mas resultado idêntico. A lei ainda terá que passar pelo escrutínio do gabinete da chanceler Angela Merkel e deve ser discutida novamente durante o mês de novembro.

Alemanha abre para Huawei | Atualização 18/12

Novo retrofront do governo alemão sobre a participação da Huawei no contexto 5G na Alemanha. O gabinete alemão enviou uma nova legislação ao parlamento que permitiria que a Huawei participasse para a construção da infraestrutura. Isso com estrito garantias de segurança, apesar da pressão do governo Trump nos últimos meses. Essas garantias seriam principalmente econômicas, tornando a Huawei e os outros fornecedores de equipamentos financeiramente responsável de quaisquer compromissos. Além disso, as agências de segurança alemãs teriam acesso total à rede para verificar sua integridade.

Espera-se para a Huawei uma abertura no continente, como mostra o anúncio da construção de um fábrica de telecomunicações na Europa. A mídia americana já fala em "retrocesso para a saída do governo Trump", diante de uma presidência de Biden que se avizinha tão rigoroso, mas mais flexível.

⭐️ Siga e apoie GizChina su Google News: clique na estrela para nos inserir nos favoritosi .