Vice-presidente da Xiaomi renuncia: o que está acontecendo?

xiaomi chang cheng

Alguns dias atrás ele teve a notícia que viu discutida online Lei Jun renuncia como presidente de Xiaomi. Apenas alguns dias depois, outra figura proeminente dentro da empresa chinesa decidiu fazer o mesmo. Nesta volta é a vez Chang Cheng, essa é a corrente vice-presidente da divisão mobile, anteriormente responsável pelo planejamento de produtos como smartphones, tablets etc. Ele anunciou que quer deixar a empresa: uma mudança marcante, se você acha que Chang está à frente da Xiaomi Mobile há apenas dois anos e que neste momento a marca está o único que cresceu mesmo em um ano difícil como 2020.

Chang Cheng anuncia sua renúncia como vice-presidente da Xiaomi

Em comunicado oficial divulgado pela NetEase Technology, a Xiaomi confirmou a despedida de seu agora ex-vice-presidente Chang Cheng. No entanto, não haveria outros acordos em jogo com empresas externas, a não ser a disposição de Chang de renunciar por motivos pessoais. Será interessante ver se a Xiaomi decide confiar em outra personalidade líder no setor (como já aconteceu entre Gionee e Redmi) ou se preferir contratar alguém já presente na empresa.

xiaomi lenovo

Era janeiro de 2020 quando a Xiaomi anunciou as boas-vindas a Chang Cheng, figura que ficou conhecida na indústria como vice-presidente da Lenovo. Chang passou 19 anos na empresa, tornando-se conhecido especialmente por sua aventura com a marca ZUK. Uma transição, da Lenovo para a Xiaomi, que aconteceu não sem controvérsia e até com um disputa judicial entre as duas empresas.

⭐️ Descubra o novo folheto semanal da GizChina com ofertas exclusivas e cupons sempre diferentes.