Nothing Phone (1) é difícil de consertar (e menos bonito quando desmontado)

nada telefone 1 desmontagem

Desde a sua estreia no mercado, Nada Telefone (1) levantou dúvidas e questionamentos sobre sua real qualidade de construção. Os primeiros compradores relataram a presença de vários defeitos, em particular relacionadas com a exibição e montagem da carroceria. Mais tarde, há aqueles que tentaram executar teste de resistência para testar a resistência do smartphone, com resultados mais ou menos satisfatórios. Mas agora chegamos ao último ponto digno de análise quando se trata de testes técnicos deste tipo, com um teardown de Nothing Phone (1) que indica um certo dificuldades de reparo.

A desmontagem do Nothing Phone (1) revela uma certa dificuldade na sua reparação

O primeiro passo a dar para qualquer smartphone moderno é retirar a parte de trás, aquele corpo transparente que tanto distingue o Nothing Phone (1). Então é interessante notar a decomposição de todos os componentes que caracterizam a parte interna visível graças a essa transparência. Já está aconteceu no passado que smartphones transparentes disfarçavam os verdadeiros componentes internos; Nada fez o mesmo, usando inserções de plástico que tornam o interior do smartphone mais visualmente satisfatório. Uma vez removidos, perde todo o seu charme, revelando a verdadeira aparência dos componentes internos.

Assuntos estéticos à parte, a desmontagem do Nothing Phone (1) realizada pela PBKreviews termina com uma pontuação de 3/10 como reparabilidade. Uma pontuação que não é particularmente positiva e que depende muito da não extrema simplicidade na desmontagem, seja pela quantidade de componentes a serem removidos, seja porque para substituir o display (uma das peças que mais frequentemente se danifica) é necessário praticamente desmontar o smartphone de tudo.

⭐️ Descubra o novo folheto semanal da GizChina com ofertas exclusivas e cupons sempre diferentes.
Honrar