Snapdragon 8 Gen 2 para Galaxy: todas as novidades do S23 SoC

qualcomm snapdragon 8 gen 2 para galáxia

Pela primeira vez, Qualcomm fez um SoC customizado para um smartphone: estou me referindo ao Snapdragon 8 Gen 2 para Galaxy, estreando a nova série Samsung Galaxy S23. Até agora, de facto, a Samsung tinha-nos habituado aos topos de gama disponíveis em duas versões, Exynos e Snapdragon, disponíveis em diferentes zonas geográficas. A difícil história dos chips Exynos já é de domínio público, a ponto de ter levado a empresa a pausar sua produção e contar exclusivamente com as soluções da Qualcomm. Uma grande novidade principalmente para nós europeus, que até agora só recebemos a variante Exynos da série Galaxy S com todas as limitações que eles seguiram.

Qualcomm lança Snapdragon 8 Gen 2 para Galaxy: eis o que muda

qualcomm snapdragon 8 gen 2 para galáxia

Mas quais são as diferenças entre o Snapdragon 8 Gen e sua variante personalizada para Samsung Galaxy S23? Primeiro, o processo de produção: não foi confirmado, mas aparentemente o novo SoC também seria produzido pela TSMC a 4nm N4. Basicamente, estamos falando do mesmo SoC, portanto, os elementos internos não mudam tanto quanto seus parâmetros: por exemplo, a CPU, sempre Kryo octa-core com quatro clusters, mas frequências mais altas, que para o núcleo Cortex-X3 máximo sobe de 3,2 GHz para 3,36 GHz; os outros permanecem inalterados, portanto, 4 núcleos Cortex-A715/A710 a 2,8 GHz e 3 núcleos Cortex-A510 a 2,0 GHz.

O mesmo acontece com o Adreno GPU 740, que não muda na versão e sim na frequência de operação, podendo atingir até 719 MHz em vez de 680 MHz. O suporte para memórias LPDDR5X e UFS 4.0 não muda, assim como a conectividade do modem Snapdragon X70, Wi-Fi 7, Bluetooth 5.3: em poucas palavras, o Snap 8 Gen 2 para Galaxy é como uma espécie de Snap 8 + Gen 2. No entanto, a colaboração com a Samsung levou a outras inovações que não devem ser subestimadas, de fato.

Em termos de desempenho, o Snap 8 Gen 2 e sua variante Galaxy não apresentam diferenças substanciais. Ao mesmo tempo, o chip da série S23 é o primeiro SoC a ter oISP cognitivo da Qualcomm, permite a segmentação semântica em tempo real (também chamada de AI Object-Aware Engine), usada por sistemas de aprendizagem profunda para reconhecer os elementos que compõem as imagens e melhorar as fotos tiradas; neste sentido, um processador renovado também é mencionado Hexágono Snapdragon o que aumenta os recursos de IA. Além disso, a presença do novo ISP permite que o S23 seja o primeiro smartphone Android que pode capturar vídeo Super HDR em 4K a 60fps, com câmeras traseiras e frontais, juntamente com a adição de vídeo Retrato em 4K e QHD superestável em comparação com a mídia FHD de última geração.

⭐️ Descubra o novo folheto semanal da GizChina com ofertas exclusivas e cupons sempre diferentes.